Os principais obstáculos à elevada autoestima

08/Oct/2020

Já todas temos consciência que a nossa autoestima reflete-se na nossa imagem, e quando essa se encontra em níveis baixos, a imagem pode mesmo ficar comprometida, por muito bem vestida que esteja, por muito maquilhada que seja, pois a atitude irá boicotar o efeito de todos esses adereços.

A autoestima é uma serena aceitação de nós próprios tal como somos, com as virtudes, com os defeitos, com a muita ou pouca beleza natural, vivendo assumidamente com isso.

Ora só depende de nós e nunca dos outros, e o mesmo acontece com os obstáculos ao seu aumento, são internos e não externos.

 

Podemos identificar três inibidores da autoestima que justificam a maioria dos problemas:

1º Falta de autoconhecimento

Se não sabe quais são as suas qualidades. não pode refletir uma imagem autêntica. Pode estar  a passar uma imagem errada da sua personalidade, comprometendo assim, a sua credibilidade, numa primeira impressão.

Muitos estudos demonstram que nos sete primeiros segundos de contacto as pessoas tiram as primeiras conclusões sobre si, tendo em conta:

- o que diz: peso de 7% na comunicação

- a forma como diz (p.e. tom de voz): relevância de 38% na comunicação

- comunicação não verbal (55%), respresentando a imagem pessoal, ou seja, a sua atitude, a sua roupa, o seu semblante, o seu cabelo, etc.

Não raras vezes, nem sequer temos oportunidade de falar o que significa que a primeira impressão que vamos deixar resulta apenas da nossa imagem pessoal.

Se não se sente confortável porque veste a primeira coisa que vê no armário e as suas escolhas são em função daquilo que as outras mulheres usam, a sua autoestima fica fragilizada.

É necessária uma pesquisa profunda à sua essência para criar uma imagem que a reflita, a sua melhor versão, que a fará sentir-se confiante, elevando automaticamente a autoestima,

2º Indefinição de estilo

Lembro que não existe falta de estilo, a partir do momento que escolhe as suas roupas, acessórios, cabelo, etc. Esse é o seu próprio estilo, definido pelo seu próprio gosto.

Contudo, existem técnicas que ajudam a fazer escolhas mais adequadas ao seu tipo de corpo, harmonizando as suas proporções, respeitando a sua essência e o seu estilo de vida. Deste modo, irá sentir-se mais segura de si própria, aumentando a autoconfiança e autoestima.

3º Distorção da própria imagem

Quando se olha ao espelho, nada lhe agrada e tudo parece errado! E esta forma como se vê transparece para os outros através da sua apresentação e presença.

Comece por entender que é nesse corpo que vai viver o resto da vida, e passe a olhar para si mesma com amor próprio. Pare com a auto-crítica!

A sua auto-estima agradece.

 

Melhorar a sua imagem tem o poder de transformar a sua vida, a forma como as outras pessoas a vêem, a tratam, além de aumentar a sua autoconfiança e autoestima.

Procure a sua melhor versão.